Skip to content

Entenda o pós-tratamento e os possíveis riscos após remover tatuagem

Entenda o pós-tratamento e os possíveis riscos após remover tatuagem

A remoção de tatuagem é um procedimento muito complexo. Os métodos utilizados para tirar os pigmentos das camadas mais profundas da pele exige cuidado e muita atenção do profissional que irá realizar o procedimento.

Hoje em dia, são muitos os motivos que fazem uma pessoa procurar uma clínica ou um método para tirar uma tatuagem indesejável. A pessoa pode não gostar mais da tatuagem que tenha feito a anos atrás ou então quer apagar o nome do ex-namorado, etc.

É importante saber que o procedimento não será feito da noite para o dia, é necessário ter muita calma e paciência. Além disso, o processo precisa ser feito por um bom profissional e em um local adequado para evitar problemas após remover o desenho da pele.

Se você pretende fazer a remoção de uma tatuagem e quer saber qual é os pós-tratamento que deve ser seguido para minimizar os riscos após remover tatuagem, está no lugar certo! Continue a leitura e saiba tudo.

Pós-tratamento após remover uma tatuagem a laser

Assim que você remove uma tatuagem, é de extrema importância seguir um pós-tratamento para evitar complicações e ter uma recuperação completa e satisfatória. Normalmente, o local da aplicação deve ser higienizado durante algumas semanas para que os riscos após remover tatuagem sejam mínimos.

Sabemos que métodos e procedimentos estéticos e cirúrgicos sempre oferecem riscos ao paciente, com a remoção de tatuagem não é diferente. Principalmente quando há a possibilidade de surgirem hematomas, bolhas, ardor e sensação de queimação.

Em métodos de remoção que atingem camadas mais profundas, a probabilidade de sangramento também pode acontecer. Para minimizar a dor no momento da aplicação, seu médico utilizará anestésicos e no final fará um curativo para proteger o local.

O tempo de tratamento e da remoção total da tatuagem varia de paciente para paciente. A aplicação da técnica pode causar alterações no tecido epidérmico ou deixar manchas no local afetado, esses sintomas melhoram com o passar do tempo. A área tratada deve ser evitada a exposição ao sol, entretanto se não houver escolha, utilize protetor solar.

Caso seja observado algum tipo de infecção ou algo que não seja considerado normal, procure seu médico imediatamente. Isso minimizará a possibilidade de ocorrer algo grave.

Recomendações do médico para o pós-tratamento

Logo na primeira sessão o médico irá dar maiores instruções do pós-tratamento para tratar o local e evitar complicações maiores, lembrando que os procedimentos devem ser seguidos à risca. Dentre as instruções podem estar a limpeza do local com sabonete neutro e água, realizar compressas fria no local para minimizar o inchaço e etc.

As pomadas antibióticas são bem vindas, a utilização é feita até três vezes ao dia ou de acordo com as necessidades. Deve haver cuidados especiais com os esfoliantes e produtos fabricados com composições ácidas, em geral, estes irritam a pele e retardam o processo de cicatrização.

Ressaltamos que o aspecto da pele onde o tratamento a laser foi aplicado e a tatuagem removida, não será idêntica ao aspecto anterior de quando não havia tatuagem. Apesar disso, pessoas que realizaram esse procedimento estão felizes com os resultados alcançados.

Quais os riscos após remover tatuagem a laser?

É necessário estar à par dos procedimentos para conhecer as ações do tratamento e discutir com o médico quais os possíveis riscos após remover tatuagem para ficar ciente das complicações que você estará se expondo.

Assim como qualquer outro procedimento estético, os tratamentos de remoção podem trazer riscos a saúde do paciente. As complicações mais comuns são o aparecimento de bolhas, uma descoloração da pele, vermelhidão excessiva no local aplicado e até inchaço.

Geralmente, antes da realização de qualquer tratamento a laser, os médicos responsáveis executam testes rápidos em uma pequena região da pele, para obter informações sobre as reações que o paciente terá. Para assim, tomar providencias contra os possíveis riscos após remover tatuagem definitivamente.

Caso você tenha tomado Accutane nos últimos 18 meses, é preciso estar ciente que este medicamento provoca um espessamento da pele, que pode levar a um risco de cicatrizes permanentes após a aplicação do laser.

Antes de realizar qualquer procedimento de remoção de pigmentação, converse com o seu médico e tire todas as dúvidas possíveis. Desde como será feito o procedimento até o pós-tratamento. Isso fará com que os riscos após a remoção da sua arte sejam minimizados.

Gostaríamos de saber se este artigo foi útil para você, deixe o seu comentário e compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Quer saber mais sobre métodos de remoção de tatuagem? Navegue em nosso site, temos toda a informação sobre esse assunto.

Entenda o pós-tratamento e os possíveis riscos após remover tatuagem
30 vote[s]