Skip to content

Tatuagem 3D: Pigmentação dos seios para reconstruir mamilo e aréola

Tatuagem 3D Pigmentação dos seios para reconstruir mamilo e aréola

No Brasil, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres. Uma pesquisa feita recentemente, mostra que a doença cresce entre 5% e 10% ao ano em todo o Brasil. Por ano, são quase 60 mil mulheres com novos casos.

São diversos fatores que afetam a chance de uma mulher contrair uma doença como o câncer. Cada tipo da doença oferece diferentes fatores e riscos ao portador. Alguns pelo fato de fumar, podem ser controlados; entretanto, outros como idade e histórico familiar, não podem.

O mais importante nesta ocasião é conseguir diagnosticar a doença o mais rápido possível, para que o tratamento tenha mais chances de ter sucesso e menos efeitos colaterais. Em alguns casos, as mulheres que se submetem a este procedimento podem ter a mama reduzida, a aréola retirada ou até mesmo a mama retirada.

Se você passou por este procedimento e perdeu a aréola saiba que, para melhorar sua autoestima, existem técnicas de tatuagem 3D para reconstruir os seios. Esse projeto é realizado por um tatuador do Led’s Tattoo, confira e saiba como é feito o procedimento.

Tatuagem 3D para reconstruir os seios e aréola  

Poucas pessoas sabem, mas em alguns casos de tratamento de câncer é necessário que os pacientes se sujeitem a remoção de total ou uma parte das glândulas mamárias, este procedimento cirúrgico é chamado de mastectomia.

No tratamento, os seios são seriamente afetados pelo procedimento cirúrgico, principalmente em casos que é necessário a retirada das aréolas e mamilos.

Visando o drama e com o propósito de ajudar mulheres que foram vítimas da doença a recuperar a aparência dos seios, o tatuador Sérgio Maciel, dono do estúdio Led’s Tattoo foi o primeiro a utilizar a técnica de tatuagem 3D nas mamas, no Brasil.

Sergio diz que uma vez recebeu a visita da primeira cliente que gostaria de esconder as cicatrizes que tinha adquirido após o tratamento do câncer. Após isso, ele têm trabalhado no método de reconstrução de mamilos e aréolas por meio da tatuagem 3D, a técnica da um aspecto mais realista dos mamilos e suaviza as cicatrizes.

Eu redesenho o mamilo e, além disso, me esforço para deixar as marcas o menos visíveis possível. É possível esconder as cicatrizes através de uma técnica similar a das maquiagens definitivas ou se for do desejo da pessoa, posso escondê-la com um desenho”, conta o tatuador.

Como é feita a micropigmentação?

Segundo Sergio, o objetivo é realizar um trabalho que fique o mais próximo possível da realidade. “Em casos que a mulher possui uma das aréolas, procuro reproduzir um desenho idêntico na outra mama, na mesma dimensão, cor, posição, formato e até mesmo as imperfeições para que o trabalho fique realmente próximo à realidade”, explica, “Nos casos em que a cliente teve as duas aréolas retiradas, uso como base o tom de pele da paciente para refazê-la. A técnica 3D é utilizada nos mamilos, para projetá-los para frente”, conclui.

É um trabalho demorado, pois é preciso que seja realizado em diversas etapas. “Caso as cicatrizes sejam muito profundas, pode ser que precise de mais de uma sessão para cobri-las e restaurar as aréolas e, entre as sessões, é necessário esperar alguns dias para a pele cicatrizar”, assegura.

É necessário esperar quanto tempo depois da cirurgia para fazer a tatuagem?

O tatuador frisa a importância do aval médico para que a técnica seja aplicada. “A paciente deve entrar em contato com o médico, para que ele autorize ou não o procedimento. Há casos de clientes, que só foram liberadas para fazer a tattoo após cinco ou dez anos depois da cirurgia”, diz Sergio.

Como cuidar da tatuagem 3D para reconstruir os seios?

O método de micropigmentação requer cuidados similares ao da tatuagem convencional no período de cicatrização. O tatuador recomenda que a paciente utilize pomadas tópicas cicatrizantes e cobrir a tatuagem com bandagens nos primeiros dias.

As clientes que fizeram o procedimento, o resultado foi muito satisfatório e muito natural. Após a superação da doenças e passar por todos as cirurgias necessárias, a tatuagem é como um toque especial para a recuperação da auto-estima da paciente”, finaliza o tatuador.

Seguir o pôs-tratamento à risca diminui consideravelmente as possíveis infecções e riscos no tratamento. Caso ocorra qualquer coisa fora do normal é imprescindível que você entre em contato com o tatuador que realizou o procedimento ou procure um médico.

Tatuagem 3D: Pigmentação dos seios para reconstruir mamilo e aréola
35 votes