Skip to content

Lasers para remoção de tatuagem – Qual a melhor tecnologia para o tratamento?

Uma pessoa pode decidir remover uma tatuagem por que o desenho não tem mais razões para ficar na pele (tatuagem com nome de ex-namorado) ou então o golfinho que você fez não faz mais mais sentido carrega-lo, afinal você se tornou uma pessoa mais madura, enfim são diversos os fatores.

E antes de realizar qualquer tratamento relacionado à medicina e a saúde, é sempre bom fazer uma pesquisa aprofundada antes de tomar qualquer decisão. Inclusive na remoção de tatuagem.

Existem diversos fatores que influenciam o resultado do tratamento de remoção de tatuagem tais como o tipo de pele, as tintas contidas no desenho, a localização da tatuagem, saúde do paciente e o mais importante, o tipo de tecnologia a laser.

O laser é o principal fator que determina a satisfação da remoção do desenho da pele, portanto dever ser escolhido corretamente pelo profissional. Se você pretende realizar o procedimento, entenda quais são os lasers para remover tatuagens e porque são tão importantes.

Laser para remover tatuagens

Lasers para remoção de tatuagem, são conhecidos como lasers Q-switched. Ou seja, lasers especificamente projetados para alcançar os pigmentos localizados na camada dérmica da pele e fragmentá-los. Sem danificar a pele ao redor.

Os tratamentos completos de remoção de tatuagem são longos, pois há um prazo de pelo menos, 4-6 semanas de intervalo entre cada sessão, este intervalo permite que a pele possa se recuperar do tratamento anterior. Sendo assim, dependendo do tamanho da sua tatuagem, pode demorar um ano para você remover completamento os pigmentos.

Além disso, nem todos os lasers são iguais. Existem diversos lugares que afirmam ter lasers para remoção de tatuagem, porém não contam com a tecnologia específica para tal finalidade ou não possuem o design ideal para alcançar os melhores resultados.

Portanto, para ter êxito na remoção completa da sua tatuagem é preciso saber qual é o laser certo para remover os pigmentos. Confira abaixo:

Entenda sobre lasers para remoção de tatuagem

O laser Q-switched: Nd-YAG?

O laser Nd-YAG é uma das tecnologias que emite a luz colimada de forma muito rápida, medida em nanosegundos, sendo capaz de fragmentar o pigmento de tinta depositado na pele com nenhum ou mínimos danos na pele ao redor.

Quais os comprimentos de onda podem ser usados no tratamento?

Existem diversos tipos de comprimentos de onda do laser para remover tatuagem, tai como 1064 nm, 532 nm, 694 nm e 755 nm. Em geral, a maioria das máquinas de remoção de tatuagem contam com apenas dois comprimentos de onda: 532 e 1064 nanômetros.

O comprimento 532 nm é eficiente na remoção de vermelho, laranja e amarelo, enquanto o 1064 é mais utilizado para remover as cores verde, azul e preto.

Comprimento de onda de 694 nm

Se a clínica possui a máquina com comprimento de onda de 694, pergunte se é um “verdadeiro” 694 ou gerado pela luz dobra.

Existe uma máquina utilizada no tratamento que diz ter o comprimento de onda 694, porém cuidado. Este comprimento de onda é gerado pela dobragem da luz e não será tão eficaz como uma “verdadeira 694 nm“. O laser Rubi possui um verdadeiro comprimento de onda do laser de 694 nm.

Este comprimento de onda é eficaz em pigmentos de cores frias, como azuis, roxos, verdes e preto. Se no seu caso o desenho é colorido, pergunte ao profissional quais comprimentos de onda serão utilizados em seu tratamento.

Será que o laser tem um perfil de feixe de topo plano ou pico?

Este fator é um dos que mais fazem diferença. Máquinas com perfil de topo plano irão penetrar na pele uniformemente,  já máquinas com perfil de pico penetram de forma errônea e, por este motivo, causam uma maior reação na pele do paciente.

Efeitos colaterais na remoção de tatuagem a laser

A remoção de tatuagem a laser é totalmente segura e eficaz, desde que seja realizada por um profissional experiente e qualificado usando um aparelho laser adequado para as cores da sua tatuagem.  No entanto, alguns ricos podem acontecer durante ou após o processo e é preciso conhecê-los, confira:

  • Hiperpigmentação (escurecimento temporário da pele tratada)
  • Hipopigmentação (clareamento temporário da pele tratada)
  • Sensibilidade da pele
  • Cicatrizes hipertróficas (queloides)

Agora que você entende sobre lasers para remoção de tatuagem e os possíveis riscos em removê-las basta seguir as nossas orientações que o seu procedimento dará certo. Para mais informações sobre remoção de tatuagem, cuidados pós-remoção de tatuagem, cicatrização da tatuagem e muito mais, basta navegar pelo nosso blog.

Lasers para remoção de tatuagem – Qual a melhor tecnologia para o tratamento?
Gostou? Então Vote!