Dez dicas que você precisa saber antes de remover sua tatuagem

Antes de remover uma tatuagem!!! Se você está lendo este artigo, creio que provavelmente você quer remover sua tatuagem ou procura informações para alguém – certo? Antes de tomar qualquer decisão para realizar o procedimento de retirada de tatuagem, é importante que leia este artigo até o final. Colocamos uma lista com as dez dicas que você precisa saber antes de remover uma tatuagem a laser. Aproveite!

1. O que esperar do tratamento
Antes de remover uma tatuagem, saiba que: com o tratamento a laser a remoção da tatuagem está garantida. É importante que você visite diversos consultórios e clínicas – cerca de 3- e tome conhecimento dos métodos e riscos que podem ocorrer. Algumas tatuagens podem deixar uma “imagem fantasma”, ou até mesmo cicatrizes hipertróficas após o tratamento. A questão é, será que não seria melhor realizar um “cover-up” ou você realmente deseja se submeter a tais riscos.

2. Qual o prazo para o remover completamente
O processo para remover tatuagem é longo e serão necessárias várias sessões de tratamento e, infelizmente, em sua primeira visita ao especialista, não será possível determinar o número exato de sessões. Em média, para se ter uma remoção completa são necessárias de 6 a 10 sessões, porém muitas vezes este numero é ultrapassado, além disso, o tempo em uma sessão e outra (30 a 45 dias para cicatrização), esse é o fator chave para definir a duração do tratamento.

Quando a pessoa que deseja remover uma ou mais tatuagem, claro que quer removê-la o mais rápido possível, no entanto, se o tempo de cicatrização for “interrompido” por outra aplicação a laser, podem aumentar os riscos de efeitos colaterais, e o tratamento pode causar infecções na pele e feridas abertas. Portanto é necessário seguir o tratamento à risca, e o prazo de 30 a 45 dias (para outra sessão) não seja quebrado, mas claro, cada organismo reage de uma forma. Caso o paciente apresente alterações na textura da pele ou algum efeito colateral diferente, este prazo pode chegar há 60 dias ou mais, dependendo do risco.
Antes de remover uma tatuagem

LEIA:  Remoção de Tatuagem colorida ou preta, existe diferença na tecnologia?

3. O local onde se encontra a tatuagem
Geralmente este fator não importa. O tratamento é apenas um pouco mais longo em tatuagem que não estão tão próximas ao coração, como pernas e braços. Isso ocorre porque próximo ao coração temos uma circulação sanguínea melhor, por este motivo, tatuagens que se encontram próximas ao coração tendem a ter melhores resultados.

4. Tatuagens profissionais x tatuagens amadoras
A remoção das tatuagens, em geral, dependem de diversos fatores. E este fator é um deles. Tatuagens feitas por profissionais penetram em camadas da pele mais profundas e, muitas vezes, a tinta utilizada é mais densa, o que pode dificultar um pouco a remoção. Tatuagens feita por amadores são mais fáceis de serem removidas, porque geralmente, ficam superficiais e não atingem camadas tão profundas.

5. Saber sobre os diferentes tipo de lasers
O processo para remover uma tatuagem não é feito apenas por um tipo de lasers, pois ainda não existe um laser capaz de realizar este processo único. Cada laser tem uma vantagem sobre determinada gama de cores, ou seja, em alguns casos é necessário a utilização de dois a três tipos de laser. Antes de remover uma tatuagem pergunte ao seu médico quais lasers podem ser utilizados no seu tratamento.

6. O que pode ocorrer após o tratamento
Após as sessões é possível que você se depare com bolhas, inchaço, sangramento, vermelhidão, e/ou manchas claras ou escuras temporárias. Mas, não se assuste. Estes efeitos são comuns no tratamento e normalmente desaparecem dentro de duas semanas. Caso ultrapasse este tempo, procure imediatamente seu médico.

7. Possíveis efeitos que podem marcar a pele
Antes de remover uma tatuagem é importante saber que você corre riscos de efeitos colaterais aparecerem, os mais comuns são a hiperpigmentação (escurecimento) ou hipopigmentção (clareamento) do local tratado. Com o tempo, cerca de 6 a 12 meses essas manchas geralmente desaparecem. Também pode ocorrer a mudança da textura da pele, infecções, queimaduras e formação de cicatrizes hipertróficas (quelóides).

LEIA:  3 razões pelas quais você pode ter medo de remover uma tatuagem da sua pele

8. Algumas cores da tatuagem podem escurecer com o tratamento
Isso mesmo, algumas tintas podem conter a presença de óxido de ferro e dióxido de titânio, e quando são expostas ao feixe de luz do laser podem escurecer (oxidar) imediatamente. Com tratamentos complementares é possível corrigir este problema.

9. Pele mais escuras correm mais riscos de sofrerem hipopigmentação
Pessoas com pele mais escuras tem maior risco de sofrerem com a hipopigmentação na remoção de tratamento a laser, porque o laser ao remover o pigmento da tinta pode remover também os pigmentos da pele. O profissional deve realizar o processo com muita cautela, para que isso não ocorra. O médico sempre realiza testes em uma pequena região para que os riscos sejam minimizados.

10. Tira todas as duvidas e peça para ver fotos de outros pacientes
O método de remoção de tatuagem a laser é seguro, porém deve ser feita por um profissional qualificado. É importante que antes de remover uma tatuagem você faça todos os tipos de perguntas ao seu médico, pois a saúde, o organismo e a tatuagem de cada paciente, são extremamente diferentes. Não tenha medo de fazer as perguntas, é sua pele que está em jogo.

Pergunte sobre os possíveis riscos e efeitos colaterais com base em sua própria situação. Tendo está base, peça que o médico lhe mostre fotos de pacientes com a tatuagem e tom de pele semelhante ao seu. Dessa forma, poderá criar expectativas construtivas sobre seu tratamento.

Dez dicas que você precisa saber antes de remover sua tatuagem
Gostou? Então Vote!