Skip to content

Cirurgia para retirada de tatuagem: Como funciona, riscos e pós-tratamento

Cirurgia para retirada de tatuagem entenda como funciona

Sabemos que as tatuagens são carregadas de significados e sentimentos as vezes importantes outras nem tanto. Os desenhos são uma forma de eternizar algo em nosso corpo, seja algo em que acreditamos ou até mesmo tatuagens com nome de uma paixão recente ou antiga.

Porém, com o passar do tempo e as constantes mudanças de mentalidade e atitudes que ocorrem em nossas vidas, aquela tatuagem de tempos atrás pode não fazer mais nenhum sentido nos dias de hoje, consequentemente, se torna algo que não satisfaz mais e o desejo é não carregar as lembranças para todo lado no dia-a-dia.

Pesquisas realizadas, mostram que uma parte considerável dos indivíduos que possuem tatuagens em algum momento de suas vidas desejam removê-las parcial ou completamente.

E quais as principais causas? São em geral por não conseguirem seguir carreira em alguma função ou emprego, por tipos de preconceitos, brincadeiras de mal gosto ou pejorativas, ser tachado como imaturos e nos piores casos, usuários de droga, anti-sociais, detentos ou bandidos.

Como funciona a cirurgia para retirada de tatuagem?

Antigamente, havia poucos métodos para remover ou retirar uma tatuagem da pele. Quem quisesse remover uma tatuagem deveria recorrer ao método da cirurgia para retirada de tatuagem ou a dermoabrasão (técnica de lixamento da pele).

Ambos os métodos são realizados em pequenas tatuagens e em locais onde não há limitações como ombros e tórax. Esses locais tendem a formar cicatrizes inestéticas, inclusive a probabilidade de formação de quelóides.

Basicamente, a cirurgia para retirada de tatuagem consiste na excisão do tecido onde se encontra a tatuagem, caso a tatuagem seja muito grande é necessário realizar possíveis enxertos. E como mencionado anteriormente, é inevitável que esse método não deixe alguma cicatriz.

Há algumas causas que fazem isso ocorrer, como o tamanho da tatuagem que você deseja remover, a profundidade em que ela se encontra e principalmente, a forma que seu organismo cicatriza.

A cirurgia para retirada de tatuagem não requer que o paciente seja internado. É feito de modo simples e rápido cerca de 30 minutos a 1h30 e utiliza-se apenas uma injeção local e bisturi. Em até quinze dias o paciente volta ao consultório para remover os pontos.

Riscos de remover tatuagem com cirurgia

A cirurgia em si é muito tranquila e rápida. Para evitar as dores na execução do procedimento, você receberá uma anestesia local e ficará completamente relaxado e confortável.

Neste procedimento a cicatriz é inevitável, uma vez que para obter o resultado é necessário realizar cortes na pele. E em questão de estética, tudo irá depender do tamanho da sua tatuagem e do local que ela foi tatuada. Se sua tatuagem for em lugar não tão perceptível, como o tornozelo, por exemplo, é muito melhor do que uma remoção de tatuagem no pescoço.

Outro ponto importante é o tamanho da tatuagem. Se sua tatuagem for muito grande, ela pode precisar de enxertos de outras partes do corpo para preencher o local que está sendo operado. Sangramento e uma possível ruptura de veias também podem acontecer com grandes remoções de tatuagens.

Você também poderá se deparar com infecções, inchaços, dores pós-cirúrgicas e reações alérgicas. Algumas pessoas são alérgicas e podem apresentar sintomas após a anestesia local.

Pós-tratamento após a retirada da tatuagem

No pós-tratamento, o paciente é orientado a tomar certos cuidados para minimizar os riscos de possíveis problemas posteriores.

O ferimento deve ser higienizado com água e sabonete neutro duas vezes ao dia, realizar a troca de curativo para evitar infecções, pode utilizar pomadas cicatrizantes para acelerar o processo de cicatrização e não fazer exercícios físicos brutos, pois podem ocorrer a quebra dos pontos e, desse modo, gerar algum tipo de escoriações e/ou inflamação.

Se você tem medo de realizar qualquer procedimento cirúrgico, não se preocupe. A cirurgia para retirada de tatuagem é um procedimento simples e é feito por profissionais experientes na realização deste método.

É preciso pensar muito antes de utilizar a excisão para remover uma tatuagem. Indicamos essa técnica apenas para pequenas remoções, como um pequeno nome no pulso ou então uma tatuagem no tornozelo, por conta da cicatriz que poderá ocorrer.

Gostou deste conteúdo sobre cirurgia para remoção de tatuagem? Então, siga-nos nas redes sociais e acompanhe de perto todas as informações relevantes que compartilhamos aqui.

Cirurgia para retirada de tatuagem: Como funciona, riscos e pós-tratamento
31 votes